CURIOSIDADES DA TRADUÇÃO – MÁ TRADUÇÃO?! NÃO. APENAS FALTA DE PESQUISA!

Março 15, 2021
Paula Ribeiro

Expandir o nosso negócio internacionalmente pode ser empolgante, mas para que essa expansão seja bem sucedida, é necessário atrair o consumidor internacional e não enviar a mensagem errada, que não só pode desencorajar o consumidor a comprar o seu produto ou serviço como pode originar grandes prejuízos para a sua empresa.

Muitas empresas aprenderam da forma mais difícil que uma campanha publicitária ou de marketing deve ser cuidadosamente criada para uma audiência estrangeira. A tradução de um slogan da marca, por exemplo, é de grande importância para uma marca global já que a pode fazer cair, antes mesmo de começar.

Foi exatamente isso que aconteceu à Pepsodent, a marca internacional de pastas de dentes, com o seu slogan publicitário: “Vai questionar-se para onde foi o amarelo sempre que escovar os dentes com Pepsodent!”, um slogan destinado a culturas que consideram os dentes brancos um sinal de boa saúde e de boa aparência. No entanto, quando a Pepsodent entrou no mercado do sudeste asiático e usou a mesma campanha publicitária, a marca falhou. A razão? Simples! Em muitas das regiões do Sudeste Asiático, como Vietname, Indonésia e algumas partes das Filipinas, é tradição entre os membros de diferentes tribos escurecer os dentes porque acreditam que isso aumenta o seu poder de sedução e a sua virilidade. Não se tratou aqui de um caso de tradução incorreta, mas da falta de pesquisa e de preparação para localização do produto e da marca num mercado diferente.

O resultado final? A Pepsodent foi forçada a retirar-se do mercado do sudeste asiático por este motivo.

Paula Ribeiro