CURIOSIDADES DA TRADUÇÃO – MÁ TRADUÇÃO?! NÃO. APENAS FALTA DE LOCALIZAÇÃO!

Junho 2, 2021
Paula Ribeiro

Expandir o nosso negócio internacionalmente pode ser empolgante, mas para que essa expansão seja bem sucedida, é necessário atrair o consumidor internacional e não enviar a mensagem errada, que não só pode desencorajar o consumidor a comprar o seu produto ou serviço como pode originar grandes prejuízos para a sua empresa.

Muitas empresas aprenderam da forma mais difícil que uma campanha publicitária ou de marketing deve ser cuidadosamente criada para uma audiência estrangeira. A tradução de um slogan da marca, por exemplo, é de grande importância para uma marca global já que a pode fazer cair, antes mesmo de começar.

Foi exatamente isso que aconteceu à ELETCTROLUX, um fabricante Sueco de eletrodomésticos muito bem sucedido. Os seus produtos estão disponíveis em todo o mundo e, na maioria dos países, a marca conseguiu usar o idioma inglês para as suas campanhas de marketing e de publicidade. No entanto, saiu da sua zona de conforto quando lançou a campanha publicitária do seu aspirador com o slogan, ‘Nothing sucks like an Electrolux’ nos Estados Unidos, onde a língua inglesa é falada pela maioria da sua população. O slogan está gramaticalmente correto, mas a empresa escandinava não entendeu que o termo “sucks” tem uma conotação diferente nos Estados Unidos, onde, quando usado de forma idiomática, significa que algo é muito mau ou que é algo de que não se gosta. Então, quem escolheria um aspirador de fraca qualidade, mesmo sendo de um fabricante de muito sucesso na Europa???? Nós também não!!!

Em muitos casos é difícil traduzir slogans publicitários de um idioma para outro, simplesmente porque os slogans são eficazes na língua nativa, mas têm significados diferentes ou difíceis de explicar em outra língua. Então, qual seria a solução para evitar este tipo de erros de tradução? Apenas e só decidir trabalhar com tradutores humanos profissionais e competentes!

Paula Ribeiro